Violência no Campo (I)


“O grupo de nove pessoas escoltadas do assentamento de Nova Ipixuna até Marabá (PA), pela Força Nacional, deve ser ouvido até esta terça-feira (21) pela Defensoria Pública do Pará. Todas foram ameaçadas de morte, supostamente por pessoas ligadas a madeireiras da região. A ação da Força Nacional fez parte da Operação Defesa da Vida, estratégia para combater conflitos agrários nos estado do Pará, de Rondônia e do Amazonas.” (Fonte: Agência Brasil)

AForça Nacional já chega tarde para as centenas de lavradores e líderes rurais assassinados  na luta pela terra. É oportuno chamar a atenção das autoridades para o papel dos cartórios de terras (!) no Estado do Pará. É sabido de toda gente que é neles que se consegue as escrituras falsas de propriedade, que irão “legitimar” a pistolagem e o latifúndio.

Se é para acabar com a grilagem, que se comece por eles.

Anúncios

Deixe seu comentário, obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s