A sacanagem muda de nome, mas nunca de natureza


Outro dia, procurando por contos brasileiros no Google,  deparei-me com um blog cuja matéria-anúncio republico abaixo:

Procura-se

Uma leitora assídua, ciente da audiência deste blog, pediu que publicássemos o anúncio abaixo. Ela está realmente à procura. Só atendemos por se tratar de leitora fiel, pois o MCP não é classifisex. Interessados (ou interessadas: não custa tentar) devem se candidatar nos comentários.

“Procura-se amante virtual que fique online o maior tempo possível. Que mostre o instrumento de trabalho somente se for solicitado. Discreto. Que saiba conversar diversos assuntos. Necessário ser um amante à moda antiga, que mesmo à distância seja gentil e criativo, paciente e divertido, sabendo mentir o suficiente para ter crédito e fantasioso o bastante para que suas abobrinhas virtuais se perpetuem durante dias na mente da CONTRATANTE. Necessário o envio de mensagens, músicas, fotos e poemas, A escolha será efetuada a partir das declarações convincentes. Os pré-selecionados responderão a um questionário online com perguntas sobre assuntos gerais, relacionamento, anatomia, preferências noturnas. Aquele que fizer o coração e o sininho baterem mais fortes será o escolhido. O CONTRATADO tem que estar ciente de que há possibilidade de viagens, portanto que seja, pelo menos, parcialmente disponível. Fetiches e taras são bem aceitos.”

Inscrições nos comentários deste post.

Obs.: A foto “instagrâmica” é ilustrativa. Trata-se de uma bela MCPmate. Mas confere com o material da CONTRATANTE.

.

 .
Anúncios

4 comentários em “A sacanagem muda de nome, mas nunca de natureza

  1. Eudyr…
    Certa vez uma mulher se engraçou comigo. Foi no ponto de ônibus.
    Ela era loira, olhos verdes, mais ou menos uns 35 anos e um pouco gordinha, mas era bonitinha.
    Gostei dela, Eudyr. Perdi noite de sono pensando nela.
    Daí marcamos um encontro. Conversamos umas duas horas.
    Pensei… Vai rolar um motelzinho e até já imaginava aquela gordinha sex só de calcinha. Mas… A mulher falou… E meu sonho acabou.
    Disse: -Puxa, você é tão legal. Não quero nem saber, todos os dias vou querer ao menos umas cinco horas pra ficarmos juntos.
    Fui!
    Cinco horas não fico nem com a miss Brasil.

    • kkkkkkkkkkk

      Minha experiência foi quase o oposto: Ficava horas a fio conversando, mas não era com uma loira de olhos verdes, e a idade … quase o dobro da “sua”…

      Como dizem: Quando Deus dá a carne,o diabo leva embora a farofa…rss

      Abraço.

Deixe seu comentário, obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s