Cuipiranga: O Rosário Cabano dos Mundurucús


Os Mundurucus foram fundamentais no cerco de Cuipiranga . Sem eles, não teria dado certo. Motivo: não havia “legais” suficientes para a luta. Os “homens da cidade e das guardas” haviam sido mortos ou passado para o lado dos cabanos. Outros fugiram e não voltaram. Para compor uma força de guerra contra os cabanos o jeito foi recorrer a um inimigo natural: os índios Mundurucu.

Sim, os mundurucu formavam, em sua origem, uma tropa de índios de corso, sempre em luta contra outras tribos. Os cabanos, em sua maioria, eram descendentes das tribos inimigas dos mundurucus (maués, arapiuns, comarus, tubinambaranas etc…). Para completar, o Padre Antonio Sanches de Brito organizou os mundurucus da missão de Juruti para a luta. Toda a nação foi mobilizada pelos tuxauás, que estavam sobre o comando do padre.

Como os mundurucus tinham o costume de “cortar as cabeças dos vencidos” o saldo foi o que hoje chamamos de “rosários cabanos”. Cabeças e mais cabeças de derrotados foram enviadas à capital. Outras fizeram parte do ornamento preferido dos mundurucus, um verdadeiro troféu de guerra, o PARINÁ, que nada mais é do que a cabeça mumificada dos inimigos derrotados na guerra.

Inclua-se, portanto, na história que não foram somente os “legalistas” que “ganharam” (?) a cabanagem. Os Mundurucus também. Graças a influência de um padre obidense que se intilulava em suas cartas contra os cabanos como “Juiz de PAZ e acérrimo INIMIGO dos Ladrões”.

Fonte: Blog do Jesu
.
Anúncios

3 comentários em “Cuipiranga: O Rosário Cabano dos Mundurucús

  1. De nada querido amigo – O que é bom tem que ser valorizado. Simples assim. E que venham outros “Eudyr’s” para valorizar cada um deles um pedacinho da nossa História. Seria bom D+is!!! – Os bons guerreiros merecem!

  2. Eudyr – teu Blog – tem B maiúsculo em tudo que escreve. Tenho aprendido muito da luta e da sua História Paraense – e a forma como dicerta nos prende na leitura.

    • Querida amiga, fico sem palavras para agradecer sua generosidade. Esta semana – e todas as primeiras semanas dos próximos Janeiros – será dedicada à Cabanagem, então, para o dia 7, estou preparando uma postagem especial.
      Obrigado!
      Beijo.

Deixe seu comentário, obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s